MILLÉNARISMES BRÉSILIENS. Contribution à l'Étude de l'Imaginaire

Lille: Diffusion Septentrion Presses Universitaires, 2002, 309 pp.

ISBN 2-284-03344-X

Estudo teórico e pesquisa etnográfica para obtenção do título de Doutorado em Sociologia

- Université de Grenoble II, Grenoble - França, 1996-1999,

apoio Programa Doutorado Pleno no Exterior/CAPES -.

A pesquisa cobre um estudo sobre várias formas de crenças e movimentos milenaro-messiânicos

presentes nas matrizes étnicas formadoras do imaginário ocidental, indígena e afro-brasileiro no Brasil,

e traz um estudo de caso com pesquisa etnográfica

na Cidade Eclética da Fraternidade Eclética Espiritualista Universal,

estabelecida em 1956, no atual entorno de Brasília-DF.

No campo do imaginário antropológico,

a autora defende a concepção milenarista

como expressão de uma aspiração naturalmente humana por um espaço e um tempo ideais;

noutros termos, aspiração pelo restabelecimento do Paraíso na Terra.

A thèse foi selecionada para publicação e distribuição em países francófonos.

Jury de thèse:

Charles Amourous, Professeur à l’Université de Chambéry

Ewa Bogalska Martin, MCF à l’Université Grenoble II

Cecília Loreto Mariz, Professeur à l’Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Directeur de thèse:

Alain Pessin, professour à l'Université Pierre Mendès France

Tags: